Quando há interesse em locar um imóvel, a primeira coisa a se fazer para iniciar a negociação é formalizar um contrato de aluguel. Esse é um dos principais documentos na hora da locação, com o intuito de se manter de acordo com a legislação vigente e evitar complicações futuras. Sem ele, tanto locatário quanto inquilino podem ficar desprotegidos e desamparados pela lei. 

É preciso levar em conta alguns fatores na hora de formalizar um contrato de aluguel, como o tipo e o tempo de locação, cláusulas de renovação e rescisão, garantias, valores e reajustes e as condições de uso do imóvel.

Tipo de locação

É preciso que no contrato esteja especificado qual o tipo de locação para o uso pretendido. Os tipos de locação dividem-se normalmente em locação comercial e locação residencial. Assim, um imóvel locado como residencial não poderá ser utilizado para atividades comerciais. É preciso que isso esteja claro no contrato.

Qual o tempo de locação?

Também muito importante para ser formalizada, o tempo de locação precisa estar especificado no contrato de aluguel. O mais recomendado e vantajoso para o inquilino é optar por contratos com prazos mais longos.

Defina valores e reajustes

Um dos principais tópicos na hora de alugar qualquer o imóvel é em relação a valores. Nesse momento, além de acordado o valor do aluguel, é preciso estabelecer como e quando ocorrerão os reajustes desse valor, evitando surpresas desagradáveis.

Garantia estabelecida

Na formalização do contrato de locação é preciso que esteja especificado a garantia exigida pelo locador. O mais utilizado hoje é através de fiador.

Defina cláusulas de renovação e rescisão

Muito comum na formalização do contrato é não contar com uma cláusula de renovação e rescisão que são situações comuns no aluguel. Nessa cláusula é preciso definir se o inquilino poderá renovar ou não o contrato e o tempo que terá de carência caso o proprietário precise do imóvel. Sobre a rescisão, é preciso que esteja estabelecido quais os valores a serem pagos no caso de quebra de contrato, deixando ambos os lados protegidos.

Definir condições

Se necessário, no contrato de aluguel é possível definir condições para o uso do imóvel, como não fazer modificações estruturais ou definitivas, por exemplo. Embora não sendo obrigatório, essa é uma forma de evitar depreciações no imóvel evitando gastos extras.

Para formalizar um contrato de aluguel é importante contratar uma imobiliária qualificada, prevenindo os envolvidos de possíveis complicações e facilitando os processos burocráticos. Assim, os dois lados tem segurança e tranquilidade ao assinar o contrato final, até mesmo depois, com o acompanhamento e suporte de especialistas.

Com mais de 45 anos de experiência, a Apolar Personnalité possui diversas opções de imóveis e mais de 90 lojas de venda no Paraná e Santa Catarina, além de conexões em Miami e Paris. Confira o nosso site e acompanhe o nosso blog para ficar por dentro de dicas e notícias sobre Curitiba.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here