Com a proximidade da volta às aulas nas Universidades e cursinhos as imobiliárias de Curitiba percebem um aquecimento no mercado de locações. De acordo com a vice-presidente de locações do Secovi – Sindicato da Habitação e Condomínios, Fátima Galvão, não são apenas os estudantes que vem de outras cidades que movimentam o setor nesse período.

As imobiliárias da capital esperam um aumento de 10 a 25% no fechamento de novos contratos de locação entre janeiro e fevereiro deste ano. Andrea Baggio que é presidente de uma rede de Imobiliárias da Capital, fala sobre o perfil dos imóveis mais procurados pelos estudantes que vem de outras cidades.

Como muitos estudantes não tem como comprovar renda, as imobiliárias procuram flexibilizar o atendimento, como explica a diretora de uma imobiliária de Curitiba, Augusta Coutinho Loch.

Pra se ter uma ideia de como a volta às aulas pode incrementar o mercado de locações, apenas a UFPR e a UTFPR juntas oferecem 5231 novas vagas para estudantes em Curitiba, sendo que muitos deles vem de outras cidades, e consequentemente, precisam procurar um imóvel para morar durante o período da graduação.

Fonte: Rádio Band News

CompartilheShare on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Share on Google+0