Atividades para você e sua família: Parques e Bosques em Curitiba – Parque Trabalhador

Parque Trabalhador

 

Parque Trabalhador

Situado na Cidade Industrial de Curitiba, o bosque é uma homenagem aos trabalhadores curitibanos. É constituído por duas áreas de bosques cadastrados, seccionadas pela Rua Manoel Valdomiro de Macedo.

Em agosto de 2001, o Museu Botânico Municipal efetuou o levantamento das espécies vegetais, constatando que a área se constitui de vegetação remanescente ou de capões da floresta de Araucárias (Floresta Ombrófila Mista) que é a maior floresta original do sul do Brasil, a qual ocorre por associação do Pinheiro-do-Paraná com a Erva-Mate, a Imbuia e o Pinheiro-Bravo.

O Bosque do Trabalhador é uma obra estratégica na manutenção da qualidade de vida e no equilíbrio das relações com o meio ambiente e representa, com seus equipamentos, uma nova opção de lazer para o trabalhador de Curitiba.

 

  • Área: 192.016 m2
  • Localização: Rua Manoel Waldomiro de Macedo
  • Bairro: Cidade Industrial
  • Ano de Implantação: 1996
  • Acesso: Gratuito
  • Fauna: Gambá, cuíca, morcego, cachorro do mato, sabiá vermelho, sabiá branco, sabiá coleira, bem-te-vi, quero-quero, gavião carijó, chupa-dente, pomba de asa branca.
  • Flora: Aroeira, caingá, cambará, camboatá, canela-lageana, canela sassafrás, capororoca, caroba, carvalho brasileiro, cedro rosa, congonha, embira, erva-mate, esporão-de-galo, figueira-mata-pau, guaçatunga, guabiroba, imbuia, miguel-pintado, pau-de-bugre, pimenteira, pinheiro-bravo, pitanga, sapopema, xaxim.
  • Equipamentos: Estacionamento, portal, casa da guarda, sanitários, play-ground, churrasqueiras, canchas de vôlei e futebol, além de pistas para pedestres.

 

Horário de funcionamento:

De segunda-feira à domingo, ininterrupto.

 

Ônibus:

  • Interbairros IV – sentido Pinheirinho-CIC

Continuar Lendo

 

Atividades para você e sua família: Parques e Bosques em Curitiba – Bosque São Nicolau

Bosque São Nicolau

O Bosque São Nicolau é uma área verde de 20.520 m2, implantado na Cidade Industrial, com o objetivo de preservar a mata nativa e oferecer à população mais uma área de lazer.

Recebido pela Prefeitura de Curitiba dentro do processo de loteamento denominado “Moradias São Nicolau”, a área do bosque de preservação é remanescente isolado da ampla urbanização do entorno e da ameaça de contínua degradação decorrente dos fatores naturais e da ação humana agressiva ao meio ambiente.

Implantado com infra-estrutura adequada, o Bosque São Nicolau reverte essa situação, garantindo tanto a manutenção desse patrimônio, como a oferta de espaço de lazer e recreação para a população da região, tendo como foco o próprio loteamento e os situados em seu entorno, como o “Moradias Sabará”, “Moradias Sevilha” e “Moradias Diadema”.

Em sua inauguração, na Semana do Meio Ambiente do ano 2.000, a vegetação nativa foi acrescida de centenas de exemplares de araucária e da garantia de preservação da nascente que forma o pequeno lago em seu refúgio. Em agosto de 2001, o Museu Botânico Municipal efetuou o levantamento das espécies vegetais, constatando que a área se constitui de vegetação remanescente ou de capões da floresta de Araucárias (Floresta Ombrófila Mista) que é a maior floresta original do sul do Brasil, a qual ocorre por associação do Pinheiro-do-Paraná com a Erva-Mate, a Imbuia e o Pinheiro-Bravo.

 

  • Área: 20.520 m2
  • Localização: Final da Rua das Águias
  • Bairro: CIC
  • Ano de Implantação: 2000
  • Acesso: Gratuito
  • Fauna: Gambá, cuíca, morcego, cachorro do mato, sabiá vermelho, sabiá branco, sabiá coleira, bem-te-vi, quero-quero, gavião carijó, pomba de asa branca.
  • Flora: Aroeira, caingá, cambará, camboatá, canela-lageana, canela sassafrás, capororoca, caroba, carvalho brasileiro, cedro rosa, congonha, embira, erva-mate, esporão-de-galo, figueira-mata-pau, guaçatunga, guabiroba, imbuia, miguel-pintado, pau-de-bugre, pimenteira, pinheiro-bravo, pitanga, sapopema, xaxim.
  • Equipamentos: Playground, recantos, mirante, sede administrativa com sanitários, lago, canchas de futebol de areia, pista para caminhada com aprox. 1.100 m de extensão.

 

Horário de funcionamento:

De segunda-feira à domingo, ininterrupto.

 

Ônibus:

  • Alimentador Vila Marisa (Terminal Caiuá)
  • Alimentador Sabará – Terminal CIC
  • Alimentador Frigorífico – Parque dos Tropeiros (Terminal Caiuá)

Continuar Lendo

 

Sexta atividades para você e sua família: Parques e Bosques em Curitiba – Bosque Reinhard Maack

Bosque Reinhard Maack

 

O Bosque Reinhard Maack foi entregue à cidade no final de 1989. Desapropriada em 1986, esta área pertenceu à família Hauer, desde 1860. E foi graças ao esforço de Alfredo Hauer que a região Sudeste da cidade tem, hoje, uma área de preservação ambiental

Localizado no bairro Hauer, possui uma área de 78.000 m2 coberta pela vegetação original de Curitiba, os chamados “capões”. Neles, o pinheiro do Paraná forma um andar superior que cobre os outros, onde aparecem a aroeira, caúba, pessegueiro-bravo, bracatinga, pau-de-bugre, o branquilho.

A Trilha da Aventura, formada por um conjunto de 16 brinquedos, faz do Bosque Reinhard Maack um lugar diferente dos costumeiros bosques/parques. Construídos em madeira, brinquedos como o congo, pesca, alvo, trampolim, gangorra, salto, peso, muralha, travessia, hexágono, teleférico, escalada, túnel, escorregador, mirante e argola, vão se sucedendo ao longo da trilha.

As visitas de grupos de crianças nos dias de semana, tem o acompanhamento do setor de Educação Ambiental da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, unindo lazer, educação e consciência ecológica.

Bosque Reinhard Maack
1 – Estacionamento
2 – Praça / playground
3 – Sede grudo escoteiro
4 – Choupana / sede manutenção / sanitários
5 – Trilha com brinquedos de troncos
6 – Córrego
7 – Sede guarda municipal
8 – Bosque

Reinhard Maack, que emprestou seu nome ao Bosque, foi um aventureiro de verdade. Veio da Alemanha para o Brasil em 1923 para ser engenheiro de minas da Cia. de Mineração e Colonização do Paraná. Foi ele quem descobriu e mediu o ponto mais alto do Estado, o “Pico do Paraná”, localizado na Serra do Mar e que tem 1.922 metros de altura. Era cartógrafo, geógrafo, paleontólogo, engenheiro de minas, geólogo. Maack organizou e participou de grandes expedições pela África, América do Sul, América do Norte. Realizou pesquisas na Patagônia, Andes, Tunísia, Himalaia, Kilimandjaro. Foi professor de Geologia e Paleontologia na Universidade Federal do Paraná.

 

  • Área: 78.000 m2
  • Localização: Rua Raggi Izzar X Rua Waldemar Kost X Rua Oswaldo Aranha
  • Bairro: Hauer
  • Ano de Implantação: 1989
  • Acesso: Gratuito
  • Fauna: 45 espécies de aves, do quiri-quiri à coruja das torres; do beija-flor-de-topete ao sanhaço.
  • Flora: Araucária, aroeira, caúba, pessegueiro-bravo, bracatinga, pau-de-bugre, branquilho.
  • Equipamentos: Estacionamento, um pavilhão para educação ambiental, sede de escoteiros e brinquedos da Trilha da Aventura: congo, pesca, alvo, trampolim, gangorra, salto, peso muralha, travessia, hexágono, teleférico, escalada, túnel, escorregador, mirante e argola.

 

Horário de funcionamento:

Sábados, domingos e feriados, das 8 às 18 horas. Durante a semana somente com autorização da SMMA. Nos dias de chuva e nos três dias seguintes ,por segurança, o Bosque fica fechado, pois as trilhas se tornam escorregadias.

 

Ônibus:

  • Biarticulado Boqueirão (Praça Carlos Gomes)
  • Alimentador São Francisco (Terminal Hauer)
  • Interbairros III – (Terminal Carmo)
  • Pró-parque – domingos e feriados (saída do Passeio Público)

Continuar Lendo

 

Atividades para você e sua família: Parques e Bosques em Curitiba – Bosque de Portugal

Bosque de Portugal

 

Bosque de Portugal, mais uma opção de lazer para o curitibano, homenageia o povo português e sua grande influência cultural no Brasil. Foi inaugurado em 19 de março de 1994 e contou, na ocasião, com a presença do presidente de Portugal, Mário Soares. O bosque, com área de 20.850 metros quadrados fica localizado entre as Ruas Fagundes Varella e Osório Duque Estrada, no Jardim Social. É a primeira grande área verde preservada do bairro e abriga uma sede de escoteiros e um bosque de mata nativa.

No meio da mata e ao longo do córrego, foi construído um caminho de pedras, que recebeu o nome de Alameda dos Cantares. Vinte pilares foram erigidos, onde estão embutidos trechos de poesias de autores luso-brasileiros. Nestes murais estão homenageados Fernando Pessoa, Luiz de Camões, Antero de Quental, Antonio Nobre, Almeida Garret, Camilo Pessanha, Cláudio Manoel da Costa, Gonçalves Dias, Sá Carneiro, Florbela Espanca, Manuel Bandeira, Cecília Meirelles, Olavo Bilac, Sophia de Mello Breynner, Mário de Andrade, Tasso da Silveira, Carlos Drummond de Andrade e Eugênio de Andrade.

A área de animação foi construída em piso de mosaico, com desenhos que lembram o mar e uma caravela estilizada, fazendo menção às grandes navegações portuguesas. Está circundada por sete colunas com os nomes dos países de língua portuguesa (Portugal, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Brasil, Cabo Verde, Angola e Guiné Bissau)

O portal de acesso ao Bosque de Portugal é pela Rua Fagundes Varella, onde foi construído um painel decorativo em azulejos, o marco da poesia e a praça de eventos. Uma pista de cooper faz o elo de ligação, contornando todo o bosque, passando por três pontes que cortam o córrego Tarumã, abrangendo a Rua São Francisco Stóbia e Bernardo Pericás e a praça das 7 nações de língua portuguesa.

 

  • Área: 20.850 m2
  • Localização: Rua Fagundes Varella X Rua Osório Duque Estrada
  • Bairro: Jardim Social
  • Ano de Implantação: 1994
  • Acesso: Gratuito
  • Fauna: Tico-tico, corruíra, sabiá, sanhaço, morcego, gambá.
  • Flora: Açoita-cavalo, cambará, aroeira, branquilho, pitanga, tarumã, gabiroba, chuva de ouro, espora de galo, canela, miguel pintado, timbó, pororoca, araça, corticeira do banhado, ipê, araucária.
  • Equipamentos: Pista de cooper, recantos.

 

Horário de funcionamento:

De segunda-feira à domingo, ininterrupto.

 

Ônibus:

  • Hugo Lange (Praça Santos Andrade)

Continuar Lendo

 

Atividades para você e sua família: Parques e Bosques em Curitiba – Bosque Pilarzinho

Bosque Pilarzinho

Bosque Pilarzinho

Localizado no bairro Pilarzinho, na região norte da cidade, o Bosque Pilarzinho abrange uma área de 28.146 m2, e vem garantir a preservação de um bosque nativo relevante e impedir a ocupação desordenada da região.

Em meio ao bosque, o Córrego dos Imigrantes (assim denominado pelos moradores da região através de votação) corre manso integrado à natureza.

Junto ao bosque, a Praça Primavera oferece equipamentos de lazer, entre os quais: cancha de futebol, cancha de voley, quadra polivalente, mesas de xadrez e playground.

Uma ciclovia percorre a margem do bosque, e segue pela Rua Manife Tacla, junto ao Eixo de Animação Pilarzinho, até a Rua Nilo Peçanha.

 

  • Área: 28.146 m2
  • Localização: Rua Manife Tacla X Rua Alexandre Schroeder
  • Bairro: Pilarzinho
  • Acesso: Gratuito
  • Equipamentos: Ciclovia, playground.

 

Horário de funcionamento:

De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Continuar Lendo