Anunciados esse mês pela Caixa Econômica Federal, a diminuição das taxas de juros do crédito imobiliário junto ao crescimento do percentual do valor imóvel financiado, além de contribuir para o banco, irão auxiliar a melhorar o cenário no setor imobiliário brasileiro. Apesar dessas condições favoráveis, os compradores devem ter cautela antes de realizar alguma compra e depois conferir se as parcelas requeridas estão dentro do orçamento determinado.

As novas taxas mínimas da Caixa Federal, passaram de 10,25% ao ano para 9% ao ano, para imóveis do Sistema Financeiro de Habitação (SFH). Já para imóveis presentes no Sistema de Financiamento Imobiliário, as taxas descaíram de 11,25% para 10% ao ano. As noticias boas não param por aí, o banco também aumentou 20% o limite para cota de financiamento de um imóvel usado.

Alguns especialistas deste setor, acreditam que a decisão da diminuição das taxas de juros foi uma ótima jogada para Caixa Federal, ainda mais diante do cenário econômico atual do brasil, que devido a queda da Selic, propícia o aumento de compra de imóveis.

Considerada mais cara do que alguns bancos privados, essa redução da Caixa além de coloca-la no mesmo patamar que os outros bancos, também a destacou por poucos números. Essa pequena vantagem, faz com que o banco retome ao mercado e até aqueça o setor imobiliário e de construções civis.

Com volume de imóveis crescendo no país, mais de 9,4% comparado com outros anos, a redução do juros e taxas tem ajudado quem quer investir em imóveis, entretanto apesar de poder financiar boa parte da residência, a dica é tentar quitar ao máximo pagando a vista.

Fonte: Exame.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here