Muitas vezes achamos que nossas casas são ambientes super seguros e saudáveis, mas a verdade é que o ar, mesmo no interior dela, pode estar cheio de poluentes. A decoração, os produtos de limpeza, os móveis, os vidros das janelas, os tecidos das cortinas e os nossos eletrodomésticos liberam diariamente substâncias químicas como benzeno, xileno, aldeído e tricloroetileno, por exemplo. Se a sua casa não é muito ventilada ou a qualidade do ar da sua cidade não é boa (como é o caso das principais grandes e médias cidades do Brasil), o melhor é ter em casa plantas para purificar o ar.

As plantas também são capazes de operar maravilhas dentro de quatro paredes. Elas nos ajudam a respirar melhor, pois absorvem gases poluidores do ambiente, com monóxido de carbono e metanol, gases são expelidos por carros e indústrias, e melhoram a qualidade do ar. Viver cercado delas nos ajuda a respirar um ar mais saudável.

Contudo durante a noite, como não há luz para a fotossíntese, muitas plantas absorvem oxigênio e liberam gás carbônico. Por isso, se optar por colocar plantas no quarto, escolha orquídeas ou bromélias, que liberam oxigênio mesmo durante a noite.

As plantas também deixam o ar mais úmido, pois elas transpiram ao absorver a água da terra onde está fixada. Em períodos de seca, o ar com baixa umidade provoca irritação nos olhos e no nariz e deixa a pele ressecada, há também o aumento de doenças respiratórias e de gripes. Neste caso elas são de grande ajuda também, pois a umidade gerada ajuda a evitar essas condições.

Mais que gentileza

Há um estudo publicado pelo centro de pesquisa norte-americano National Center for Biotechnology Information que afirma que levar plantas para pacientes internados no hospital pode ser mais do que uma gentileza. Estar em contato com flores durante o período de recuperação pode reduzir níveis de estresse e ansiedade, diminuindo os riscos de pressão alta.O estudo foi feito com 90 pacientes em recuperação de uma hemorroidectomia, uma cirurgia para tratar hemorróidas. Os pacientes que receberam plantas em seus quartos apresentaram recuperação melhor.

Além disso, cuidar de plantas pode funcionar como uma terapia para pacientes que passaram por problemas de saúde e procedimentos médicos complicados.

A NASA e as plantas

Até a NASA se interessou em saber mais sobre as propriedades purificantes das plantas, e começou a estudar o poder de certas plantas em propiciar um ar mais puro e limpo dentro do espaço confinado das estações espaciais. Essa e outras pesquisas apontaram que elas filtram certos compostos nocivos no ar, tornando-o muito mais saudável, além de embelezar e melhorar o clima interno.

Separamos algumas das plantas selecionadas pela agência espacial americana para quem desejar limpar um pouco os ares de um ambiente e ainda redecorar e trazer um pouco mais de vida para o lar:

  1. Espada de São Jorge

Além de purificarem o ar e produzirem bastante oxigênio durante a noite, as Espadas de São Jorge são consideradas plantas de proteção – ritualisticamente sendo colocadas na entrada das casas. Espécie de planta sagrada para as religiões de matizes africanas, é também conhecida como Espada de Ogum ou Espada de Oxóssi, e limpa o ar contra poluentes como benzeno, metanal (formol), tricloroetileno, xileno e tolueno.

  1. Ficus

O Ficus é especialmente eficiente para filtrar o formaldeído, presente em fumaça de cigarro, espuma, madeiras compensadas, colas adesivas e sacos de supermercado. Prefere luz indireta e é indicado para salas de estar e escritórios – mas precisa de espaço, pois é uma planta que pode crescer por metros e metros!

  1. Gérbera

De flores belas e coloridas, além de alegrar e colorir o ambiente a planta filtra especialmente tóxicos como tricloroetileno, xilneno e formaldeído. A gerbera precisa de bastante luz e solo levemente úmido, mas pode ser utilizada em qualquer ambiente – principalmente em quartos, pois há quem diga que suas flores ajudam a combater a insônia.

  1. Jibóia

Excelente filtro de formaldeído, a Jibóia não precisa de muita luz, o que a torna indicada para ambientes mais fechados, como garagens. É uma planta que absorve e filtra o benzeno, presente em diversos produtos de limpeza – combatendo assim alergias provenientes da utilização desses produtos.

  1. Samambaia

Por ficar pendurada, a samambaia é uma ótima opção para ambientes pequenos. Espécie de planta de época, muito popular nos anos 1970 e 1980, a samambaia não precisa de muita luz nem de muita rega, principalmente no inverno. Filtra poluentes como benzeno, formaldeído e xileno.

  1. Hera inglesa

A Hera inglesa é uma trepadeira, que pode ser pendurada em um suporte, posta sobre a base de uma árvore ou como revestimento. Apreciadora da umidade e de um tanto de frio, a Hera não suporta o solo encharcado. Essa planta funciona como filtro para benzeno, xileno e formaldeído, além de ser uma decoração versátil e clássica, que ajuda a umedecer qualquer ambiente.

  1. Tamareira Anã

Planta de crescimento lento, a Tamareira Anã, apesar do nome, ironicamente pode chegar a 4 metros de altura. Bastante adaptável a tipos de solo diferentes e resistente ao frio, é especialmente absorvente da fumaça dos carros.

  1. Crisântemo

De origem asiática e uma das plantas mais nobres da China, o Crisântemo era exclusividade da realeza, e sua flor foi utilizada como distintivo oficial do exército. Não suporta sol direto, mas precisa de muita luz para sua saúde – e, para nossa saúde, filtra o o benzeno, o tricloroetileno, xileno, amônia e formaldeído.

  1. Dracena

Também considerada sagrada em culturas de origem africana, a Dracena não precisa de muita água, mas sim de luz. Porém, deve-se evitá-la quem possui animais de estimação, pois alguns tipos de Dracena podem ser venenosos se ingeridos.

  1. Antúrio

O antúrio é ideal para a cozinha e principalmente para banheiros, por ser uma das plantas mais indicadas para filtrar amônia. Precisa de bastante luz, porém indireta, e funciona também como filtro para os tóxicos liberados pelos produtos de limpeza. Além da cor exuberante, sua flor ainda traz charmosas folhas em formato de coração.

O que o Feng Shui diz

A filosofia oriental Feng Shui diz que plantas são sinônimo de vida, crescimento e abundância. Cada espécie traz vantagens específicas. Se você é um adepto do movimento para organizar seus móveis, veja essas dicas:

  • As plantas verdes trazem paz, harmonia, equilíbrio e segurança. As que possuem tronco, prosperidade e saúde;
  • As plantas que são pontudas, como cactos, devem ser colocadas na janela, para proteger a casa;
  • No quarto, invista em flores. As vermelhas aumentam a paixão e as brancas evitam desentendimentos;
  • Flores lilás trazem calma e serenidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here